Monitoramento de objetivos e indicadores estratégicos: a chave do sucesso do planejamento

Publicado em: 14/06/2018

Agora que você compreendeu o que é o planejamento estratégico e como ele pode ser construído, é hora de entender como o adequado monitoramento de objetivos e indicadores pode alavancar sua organização. Isto porque muitas empresas acabam não vendo efeitos em suas ações devido à falta de acompanhamento e entendimento nos resultados encontrados.

Mas afinal, por que o monitoramento é tão importante?

Ram Charan, renomado consultor, palestrante e escritor indiano, reconhecido como grande especialista em planejamento estratégico, define que “70% das estratégias falham por causa da pobreza na execução. Isso raramente ocorre por falta de visão ou inteligência”. A estratégia deve, portanto, ser executável e mensurável.

Existem muitas vantagens na realização do monitoramento dos objetivos e indicadores estratégicos da organização, sendo que o principal deles é aferir se os resultados almejados estão sendo alcançados. Isto permite a reavaliação permanente da estratégia inicialmente definida e a aplicação de ajustes quando necessário, para garantia dos resultados esperados.

O monitoramento constante da organização possibilita extrair informações gerenciais, que ajudam na tomada de decisão. Como desdobramento, ações corretivas podem ser tomadas quando os resultados encontrados não são satisfatórios, com o consequente realinhamento das estratégias, sempre que necessário.

Mas lembre-se: antes de iniciar o monitoramento, sua empresa deve focar esforços em estabelecer uma estratégia consistente, desdobrada em objetivos, indicadores e metas, e materializada por meio de planos de ação. Caso tenha dúvidas em como proceder com a elaboração do planejamento estratégico, preparamos um post (https://www.3neuron.com/planejamento-estrategico-considere-adotar-uma-solucao-que-pode-resolver-os-seus-problemas/) que pode auxiliar na sua compreensão.

Por onde devo começar?

Sêneca afirmou que “se um homem não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável”. O guia para se chegar até este “porto” é o plano de ação, cujas premissas e diretrizes, quando adequadamente definidas, tornam-se uma bússola para a condução da implantação do planejamento. Os indicadores e metas também possuem demasiada relevância, já que permitem, de forma quantitativa, avaliar o progresso e o alcance dos resultados.

Listamos algumas dicas para que você possa implementar um monitoramento efetivo em sua organização:

  • Estabeleça indicadores relevantes: os indicadores estratégicos devem propiciar uma abrangente visão acerca dos objetivos e estratégias da organização. É necessário, portanto, investir em indicadores que sejam relevantes, e que demonstrem se a estratégia estabelecida está sendo alcançada. Sempre que possível, devem ser extraídos de forma automatizada, a partir das bases de dados existentes na empresa;
  • Planeje os indicadores antes de iniciar as medições: É recomendável que, antes de iniciar as medições, os indicadores sejam detalhados para definição de sua fórmula, fontes de dados, responsáveis pelas medições, periodicidade de coleta, formato da apresentação, integrações pertinentes, dentre outros;
  • Estabeleça uma rotina de acompanhamento: tanto os planos de ação quanto os indicadores precisam ser constantemente monitorados e acompanhados. Uma boa prática é definir uma periodicidade de acompanhamento, com reuniões para análise dos resultados obtidos nos indicadores e verificação do andamento dos planos de ação. A definição desta periodicidade dependerá de cada empresa e de como as estratégias estabelecidas afetam o seu negócio;
  • Adote ações corretivas: sempre que a medição de um indicador ou plano de ação apresentar-se desconforme, é necessário adotar ações para as devidas correções. Isto pode ser realizado por meio de ações corretivas, com modelos padronizadas, e que objetivem provocar os acertos necessários para o alcance da estratégia;
  • Utilize um painel visual: a visibilidade dos indicadores é outro ponto fundamental para o sucesso do monitoramento. Adote uma ferramenta que auxilie sua empresa na coleta e divulgação de resultados, para que as medições fiquem transparentes no âmbito da sua organização;
  • Plataforma de divulgação das ações: caso sua empresa possua uma intranet ou um informativo interno, pode ser uma boa ideia divulgar neles o andamento do planejamento, dando visibilidade acerca da execução do planejamento estratégico;
  • Utilize gamificação no monitoramento: gamification é a estratégia de interação entre pessoas e empresas com base no oferecimento de incentivos que estimulem o engajamento do público de maneira lúdica. Você pode criar jogos e competições para apoiar no monitoramento do seu planejamento, aumentando o envolvimento da equipe e auxiliando no alcance dos resultados;
  • Revise periodicamente seu planejamento: além do monitoramento, é fundamental que sua empresa revisite a estratégia temporariamente. Estabeleça uma periodicidade de revisão e reavalie o ambiente e sua estratégia. Num mundo em constante modificação, é altamente recomendável que você esteja preocupado com a atualização de suas estratégias;

É hora de colocar a mão na massa. Entendido o funcionamento do monitoramento, você deve buscar modelos e ferramentas para auxiliar no processo. Nós preparamos um material, com modelo de indicadores e planos de ação que podem auxiliar em sua jornada. Encaminhe um e-mail para contato@3neuron.com , e receba os modelos e instruções de utilização.

Para qualquer necessidade adicional, entre em contato que nossa equipe de consultores está pronta para auxiliar você a construir e monitorar seu planejamento estratégico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *