Implante primeiro aquilo que é mais simples e gera resultados imediatos

Publicado em: 16/10/2019

Com o mercado cada vez mais competitivo e as permanentes crises econômicas pelas quais passa a economia, as empresas têm buscado novas opções para reduzir os custos de sua operação. Investir em ações para otimizar os processos internos, com objetivo de melhorar a produtividade da equipe e reduzir a quantidade de material utilizado, pode ser a solução para a sua organização.

Inicie pelo mais fácil

Projetos de melhoria de processos costumam resultar num volume significativo de melhorias (aliás, este é o grande objetivo deste tipo de projeto!). É comum inclusive que a metodologia de aperfeiçoamento conte com uma etapa exclusiva para analisar e priorizar as oportunidades de melhoria. E muitas destas podem ser implementadas em um curto espaço de tempo, necessitando de poucos recursos e apresentando um potencial de ganho relativamente alto. São as chamadas Quick wins (melhorias de curtíssimo prazo).

Para facilitar, preparamos alguns critérios que você pode utilizar para classificar sua melhoria em Quick win:

  • Facilidade de implementação;
  • Tempo de implementação curtíssimo (em geral, no máximo, 30 dias);
  • Baixa ou nenhuma necessidade de investimentos;
  • Resultados esperados com impacto significativo.
Aplicando Quick wins na redução de custos

Quando se pensa em reduzir custos, as organizações tendem a fugir de projetos que demandam grandes investimentos financeiros e veem com bons olhos as implementações rápidas de melhorias. As Quick wins são perfeitas para esse tipo de objetivo, uma vez que são fáceis e baratas de implantar e apresentam grande potencial de resultado a curto prazo. Além disso, permitem a avaliação e medição de ganhos de forma quase imediata, o que as torna bastante atrativas para implantação.

Entenda que após o projeto de melhoria, será necessário um tempo significativo (em alguns casos meses ou anos) para conseguir colocar em prática tudo o que foi evidenciado no projeto. Algumas melhorias são mais complexas e podem incluir até mesmo troca de sistema, e precisam ser implantadas na medida em que o orçamento e planejamento da empresa permitam.

Neste sentido, as Quick wins são como uma espécie de motivador, para experimentar as transformações no processo de forma preliminar, e conseguir o patrocínio e apoio interno para seguir com a implantação de todo o conjunto de melhorias levantado durante o projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *