A redução de custos de processos como alicerce para alavancar a margem de contribuição do seu negócio.

Publicado em: 28/10/2019

Como está o lucro operacional da sua empresa? A saúde financeira está de acordo com os esforços e investimentos realizados? Cenários econômicos instáveis fazem com que muitas empresas empreendam iniciativas para a redução de custos. Mas como fazer isso da maneira correta? Como resolver o problema a longo prazo?

Comece pelos processos

Já apresentamos anteriormente conteúdo sobre a gestão orientada a processos e como ela pode ser uma aliada bastante interessante na busca pela produtividade e a qualidade das entregas. Por meio da gestão orientada a processos e da análise dos gastos, é possível realizar uma avaliação mais apurada de itens ou processos que não agregam valor para o cliente e que, portanto, podem ser eliminados. A redução de custos de processos vai ao cerne do problema operacional e objetiva garantir fluxos de informações, atividades e transformações mais otimizados.

Existe uma série de atividades que são realizadas desde o recebimento da matéria-prima até um produto acabado, ou de uma demanda até o serviço entregue. A análise de valor do processo, orientada a custos, permitirá reconhecer para cada atividade a sua relação custo-benefício, possibilitando a correção ou eliminação de esforços que não agregam valor. De forma complementar, também é possível reduzir custos em processos de suporte (contas a pagar, contas a receber, solicitação de viagem, reembolsos etc.), os quais costumam ser onerosos e muitas vezes desproporcionais ao tamanho das organizações.

Projetos de melhoria

Os projetos de melhoria devem ser escolhidos para abranger áreas da corporação que são consideradas críticas. A alta direção deve participar apontando os projetos a serem priorizados. Existem ferramentas como o GUT (Gravidade, Urgência e Tendência) e o Diagrama de Mudge que podem ser utilizadas para apoiar a priorização. Essas ferramentas utilizam diferentes critérios e ponderações para esse fim, de forma a aprimorar a priorização. É importante ainda que a alta direção atue como patrocinadora do projeto, assegurando a legitimidade dos esforços de redução de custos.

Os usuários (clientes) e as pessoas envolvidas cotidianamente com as atividades do processo também precisam ser ouvidos no projeto de melhoria, já que são especialistas no assunto e oferecerão insights chave para que se possa atingir o objetivo almejado. O sucesso na redução de custos garante que as operações sejam realizadas com maior performance e aumento do valor percebido pelo cliente. Projetos de melhoria organizacional que cumprem esses requisitos contribuem para que a organização aumente suas chances de sobrevivência e sucesso.

BPM – seu aliado

O Business Process Management (BPM) será seu aliado nos projetos de redução de custos. Leia mais sobre o assunto em nosso conteúdo, e descubra como a cadeia de valor, o dono do processo e os indicadores e metas podem ajudar a alavancar seus resultados financeiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *